IMG_1146

Aquilo que os outros pensam de mim…

dianaadmin Viver 1 Comment

Quem deseja sentir-se amado e querido pelos demais? Todos nós.
Quem gosta de se sentir integrado e aconchegado na sua família, no seu grupo de amigos, no trabalho e nos espaços sociais por onde circula? Todos nós gostamos, no entanto, esta necessidade de integração, não pode aprisionar uma mudança de vida, e uma vida suspensa por causa dos outros. O desejo de pertença não pode ser maior que a vontade de vivermos bem na nossa pele. Muitas vezes em função dos outros, do que os outros pensam ou podem vir a pensar, em função do medo do julgamento, boicotamo-nos e entregamos aos outros a única vida que temos, quando não a vivemos em função do que podem vir a pensar ou fazer. Vejo vidas amordaçadas no medo do que os outros vão pensar, presas ao desejo amor e de serem bem-vistos pelos outros, vazias de significado e cheias de sofrimento. A nossa vida, só a nós pertence, só nós sabemos aquilo que trazemos dentro de nós, no nosso coração, na nossa casa, na nossa história, e em função disto, só nós sabemos o melhor para nós, jamais os outros. Até podemos ouvir e questionar o que os outros pensam sobre nós, na medida em que vêem a nossa história de outra perspectiva, no entanto, ninguém melhor do que nós, sabe o que estamos a viver, o que queremos, e o que tem significado para nós. Os outros que estão fora podem apenas ter uma opinião, opinião essa, que pode não ser a nossa, nem a mais acertada, porque no fundo certezas ninguém as tem, só vivências internas e desejos. Cercamos vidas em medos e julgamentos, recusando viver a única vida que temos, em função do que os outros pensam ou vão pensar. Ninguém sabe da vida de ninguém, mas só nós podemos saber e fazer pela nossa.

Diana

Fotografia | Ritabela Santos

Comments 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *