481575_4703952592632_2057071423_n

Ninguém te pertence…

Diana Gaspar Amor, Amor Partilhado, Amor Próprio, Família, Paixão, Relacionamentos, Ser Feliz Com Sucesso, Viver 0 Comments

Vives as relações a acreditar que a pessoa com quem partilhas a tua vida te pertence e que é tua propriedade de uma forma ou de outra, só porque gostas dela, e ela de ti. 

Vives as relações a acreditar que o verdadeiro amor é aquele que é criado numa base de dependência, de ciúme e posse, onde cada um depende do outro para viver, respirar, pensar, sentir e fazer acontecer.

Quando assim pensas, vives as relações de forma obsessiva, porque dependes delas para viver, baseado na crença que tens que preservar a “tua propriedade”. Para isso precisas de afastá-la de qualquer ameaça exterior que te faça correr o risco de a perder, tratando e vivendo as relações como troféus conquistados de pertença e posse. 

Uma relação saudável é interdependente, isto é, vive de uma comunhão, de uma partilha com um espaço de amor e de vida em comum, mas os envolvidos não dependem um dos outro para viver, nem vivem independentes um do outro.

Em todo o tipo de relacionamentos, ninguém perde, nem ninguém ganha ninguém, porque ninguém é de ninguém, e só a relação é dos dois. Só nela, os dois podem ser um, unidos pela partilha de laços de amor verdadeiro sem posse ou dependência. 

O amor cresce na relação e no que cada um leva para ela. Nela, cada elemento encontra o espaço mais favorável e mais bonito para crescer e florescer, para viver o verdadeiro significado da vida, porque amar, entre outras coisas mais, também é partilhar as riquezas individuais, sem se perder no entretanto, a individualidade de cada um. 

Diana

Fotografia | Teresa Lamas Serra

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *