fim de uma relação

O fim de uma relação

Diana Gaspar Amor, Amor Partilhado, Amor Próprio, Confiança, Mudança, Relacionamentos, Ser Feliz Com Sucesso, Viver 3 Comments

O fim de uma relação não é o fim do mundo.
Parece, às vezes, pela dor que te pode provar, pelas fragilidades que podem vir à flor de pele, se esse fim não foi escolhido por ti.
Parece que ficas sem chão, sem pele, sem sonhos, sem projectos, sem nada, vazio na tua solidão e no teu silêncio. Parece que tudo aquilo que era uma certeza ficou dissolvido numa dor sem fim, numa perda sem volta. O que fazer à dor? Acredito que esta dor está muitas vezes ligada ao sentimento de rejeição que esta perda te pode provocar, e também à saudade, bem sei…Sentir que alguém não te quer, que não fazes mais sentido na vida de alguém, ou que foste trocado por outra pessoa, pode provar um sem fim de falsas especulações e de sofrimento. Acreditas com facilidade que se aquela pessoa não te quer é porque não tens valor, ou que não és suficientemente interessante, ou que se apaixonou por alguém mais bonito do que tu, ou que tens algum problema que te faz uma pessoa pior…mas de facto, não passam de simples especulações. Se alguém terminou contigo é porque as vossas vidas deixaram de fazer sentido juntas, nada mais. Nada diz este fim do teu valor enquanto pessoa, ou do teu amor por ti. Nada diz sobre as tuas qualidades, atributos e imperfeições. Aquilo que tu achas sobre ti é que se pode espelhar nas especulações que fazes para o fim de uma relação. O que fazer com a dor? Primeiro não ter medo de a sentires. Depois, transformá-la em consciência, silêncio, conhecimento e amor.
O fim de uma relação não é o fim do mundo, pode ser aliás, o inicio de outro mundo bem mais interessante e construtivo para ti. Dói? Dói. Mas passa.

Diana

Comments 3

  1. Sónia Pereira

    Incrivel como os teus temas me tocam de uma forma que até penso que estão escritos para mim!
    Este tema em particular, incrivel como revejo cada linha no que senti quando a minha relação acabou, claro que no inicio não pensava desta maneira, achava mesmo que o problema estava em mim, achava que tinha de ter uma resposta para tudo o que me estava a acontecer, enfim… Mas hoje sei o quanto isso me fortaleceu enquanto pessoa, que se aconteceu é porque já não tinha que ser e sim coisas boas estavam para vir 🙂

    Obrigada!!!
    Beijinhos

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *