IMG_0796

Tempo para não fazer nada

Diana Gaspar Amor, meditação, Mudança, Paz, Viver 0 Comments

Entre duas consultas dei por mim a abrir a agenda de forma automática para verificar o que conseguiria fazer naquele curto espaço de tempo. A agenda tem sempre uma lista de coisas para a fazer para aquele de dia, para cada dia da semana. Costumo ter uma lista ou várias, para cada dia. Entre a maternidade, consultas, blog, emails, compras de casa, cão, treinos e mais alguns extras, dou por mim num corrupio sem fim. Só me falta rodopiar no meio de tantas coisas e afazeres. Quando olhava a lista invadiu-me o pensamento: “fica quieta, não faças nada agora”. Se por um lado este sussurro me pareceu o mais apetecível, por outro, senti que poderia estar a falhar a alguma coisa a fazer urgente e ou importante. Contrariei esse pensamento e dei por mim a olhar para a lista, que já tinha alguns “certos” em algumas das tarefas, mas ainda com algumas por preencher. Um misto de “para” e “faz” criou em mim a necessidade de parar e pensar sobre esta dualidade. Pensei: “vou escrever”, e logo de seguida pensei: “não escrevas, para”…e parei…sem fazer nada, ou melhor, a olhar pela janela do meu consultório, a ver um senhor a correr para o autocarro, outro a sair da pastelaria com um bolo na mão e alguns carros a passar..fiquei ali, durante algum tempo que me pareceu uma eternidade talvez…queria não pensar, mas não consegui…como não estava a conseguir, limitei-me a observar o que circulava e vivia perto d mim. E foi tão bom!! Corremos tanto, para quê afinal? Qual é mesma a barreira entre o que devemos definir como prioridade e a necessidade primária de não fazer nada? Não fomos educados a não fazer nada, mas passamos algumas horas do dia a não fazer nada que nos acrescente um valor maior à vida. Por outro lado, também acho que nos perdemos nessas listas de coisas para fazer, e nos esquecemos de viver em nós o tempo suficiente para nos reorganizarmos e estar em silêncio. Estou-me a descobrir.

Diana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *