_DSC0105

Precisamos mesmo da aprovação dos outros?

Diana Gaspar Amor, Amor Próprio, Educação, Família, Paixão, Relacionamentos, Ser Feliz Com Sucesso 2 Comments

Sentimos hoje uma grande necessidade de provar algumas coisas: que somos capazes, que somos os melhores, que somos boas pessoas, merecedores de amor e reconhecimento. Crescemos com vontade de mostrar as nossas habilidades, competências, atributos e conquistas porque fomos educados na comparação, no merecimento, no reforço e na recompensa. Talvez muitos de nós tenham acreditado que tinham de ter as melhores notas, desempenhos, comportamentos, escolhas, amigos, namorados e namoradas, cursos e bens…para mostrar aos pais que somos capazes de corresponder às suas expectativas de pais, e com isso sermos mais amados, acarinhados e importantes. Na verdade, acredito que queremos aprovação quando queremos mais amor.

Presos a este elogio e reconhecimento crescemos com necessidade te termos de provar alguma coisa a alguém, principalmente ao reconhecimento por parte dos outros. E quando assim vivemos, sofremos. E sofremos porque vivemos na espera do reconhecimento e da aprovação, deixando muitas vezes de fazer por nós, porque nos é importante e porque nos faz sentido, vivendo para confirmar que somos bons, os melhores de preferência, os mais inteligentes, capazes e bem vistos. E depois de tudo isto ficamos muitas vezes infelizes porque fizemos tanto e não tivemos o tal reconhecimento, ou ainda pior, o tal reconhecimento até vem mas sabe a pouco, ou nunca nos sentimentos suficientemente capazes e vivemos uma vida de frustrações…

Não sei se de facto temos de provar alguma coisa a alguém porque acredito que quando assim vivemos vivemos acorrentados à opinião dos outros e ao desejo de parecer mais alguma coisa, do que à necessidade de ser aquilo que se deseja ser.

Não sei de de facto temos de provar alguma coisa a alguém, ou se devemos escolher viver na liberdade de fazer e escolher em função do coração e da intuição, em função do que nos faz sentido e nos faz sentir vivos.

Acredito que, mais importante que a aprovação é vivermos e educarmos para fazer aquilo que gostamos e amamos, porque quando assim nos alimentamos, o reconhecimento e a aprovação será sempre uma consequência que pode vir ou não, mas que em nada mudará a vontade de fazer acontecer aquilo que vibra no coração.

Diana

Fotografia | Luis Duarte

Comments 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *