Diana-154

Estás Triste? Ótimo!!

Diana Gaspar Amor, Amor Próprio, Confiança, Determinação, Gratidão, Mudança, Ser Feliz Com Sucesso, Viver 0 Comments

Estás triste?

Ótimo!!

Agarra bem na tua tristeza, sem apego ou fatalismo e escuta com carinho a mensagem que ela te traz. O que te diz? Como se justifica ela para se manter na tua vida? O que te diz sobre ti, sobre os outros e sobre o mundo? Com que fundamentos te relata a tua dor e a tua angustia? Que palavras usa? Já é antiga ou recente? O que fazes diariamente para a alimentar? O que podes fazer hoje para a ver partir?

Todas as emoções trazem uma menagem. Todas. Sobre a forma como interpretas o teu mundo e a tua história. Essa emoção tem um conto em si, uma melodia, um princípio, um meio e um fim, e só vai partir de ti quando de forma carinhosa e com paciência lhe perguntares que mensagem te traz ela e que significado lhe queres dar.

Afasta-te dessa tristeza, pergunta-lhe como podes florescer através dela e deixa-a ir. Dará um trabalho imenso, mais trabalho até do que se a continuares a alimentar todos os dias. Mas é no dia do teu questionamento e do desapego a essa tristeza que vais abrir espaço para outras emoções entrarem. Não és a tua história nem as tuas emoções. Também não és aquilo que viveste, mas podes-te tornar todos os dias naquilo que acreditas ser, naquilo que alimentas dentro e ti, através daquilo que dizes para ti sobre ti e sobre o mundo.
Olha-a de frente, com coragem e ousadia, paciência e amor.

Escuta-a sem apego nem pena, percebe o que ela te diz e encontra um caminho para a deixares partir. Mas cuidado, quando deixares que ela vá embora porque não a queres mais, coisas boas irás viver, um novo mundo podes começar a descobrir e muito provavelmente vais sentir a liberdade de viver a vida que queres viver. Não há nada mais viciante que a tristeza, quando comungada com um significado de dor. Há uma beleza própria no mundo da dor e outra no mundo da cor. Escolhe onde queres viver, e atreve-te a mudar, se esse for o teu querer e se disso depender a vida que estás a escolher viver.

Diana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *